Conheça quais são os principais tipos de pneus

Os pneus são fundamentais para garantir a segurança do condutor e da carga transportada, além de ser um dos principais custos na manutenção da frota. Para garantir maior tempo de vida útil destes itens, é importante conhecer os tipos de pneus existentes e identificar qual é o ideal para a sua necessidade.

Tipos de pneus

Os diferentes tipos de pneus

Na hora em que o gestor escolher o modelo de pneu para a sua frota, ele deve levar em conta dois fatores: os principais trajetos feito pelos veículos e o tipo carga transportada. É com base nessas características que o “desenho de sulco” do pneu deve ser selecionado.

1. Pneu de alta severidade

Ideal para: trajeto urbano

Esse é o modelo mais indicado para os veículos que trafegam majoritariamente na cidade e precisam acelerar e frear mais vezes.

Os veículos que mais usam este tipo de pneu são: linhas de ônibus municipais e caminhões de entregas que possuem vários pontos de parada dentro da mesma região.

2. Pneu de baixa severidade

Ideal para: trajeto rodoviário

O modelo de baixa severidade é mais usado em viagens longas nas rodovias asfaltadas, já que ajudam a manter a velocidade e economizar no consumo de combustível.

3. Pneu de média severidade

Ideal para: trajeto regional

Como o próprio nome já diz, esse tipo de pneu é o meio termo entre o modelo de alta e baixa severidade. Ele é indicado para percursos que possuem bastante aclives e declives. Como é uma característica comum nas estradas brasileiras, muitas empresas de transporte acabam escolhendo essa categoria para compor a frota de veículos.

4. Pneu misto

Ideal para: trajeto misto

Para quem trafega em estradas de asfalto e trechos com terra, a melhor opção para o veículo é o pneu misto. Esse modelo é comumente usado em caminhões de lixo ou de função agrícola, que enfrentam os dois tipos de percursos.

5. Pneu off-road

Ideal para: trajeto fora da estrada

Para os caminhões que precisam passar por locais acidentados ou brutos com pedras e terras, o pneu off-road é a melhor escolha. Esse modelo é bastante utilizado por veículos de mineradoras que passam boa parte do dia em trajetos irregulares.

Manutenção dos pneus

Além de escolher o tipo que é mais adequado para o trajeto da frota, a manutenção dos pneus é fundamental para garantir um bom funcionamento e aumentar a sua vida útil. Apesar de ser essencial, a revisão preventiva não deve ser o único cuidado nas empresas. Entre outras ações estão:

1. Rodízio de pneus

O rodízio de pneus é essencial para a sua vida útil. Ao serem mudados de um lugar para outro, eles vão ter o mesmo desgaste ao longo do tempo, assim como economizar no consumo de combustível.

2. Calibragem dos pneus

Quando o pneu está calibrado com a pressão recomendada pelo fabricante, ele produz menos calor durante o atrito com o solo. Isso faz com que a haja mais economia no combustível e menor desgaste.

3. Alinhamento e balanceamento

Para garantir a segurança do motorista e da carga, o alinhamento e balanceamento são essenciais. O primeiro deve ser feito a cada 5 mil quilômetros. Já o segundo é recomendado quando são colocados pneus novos ou o volante do veículo começa a tremer acima de 70km/h.

Conhecer os tipos de pneus e as suas diferenças pode fazer uma enorme diferença na efetividade e segurança da sua frota. Para saber como um sistema de controle de pneus pode ajudar sua empresa de transporte, acesse a solução da Gestran e faça um teste gratuito durante 14 dias e tenha acesso às mesmas funcionalidades da versão paga.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar79
Compartilhar
+1
79 Compart.