Roubo de cargas: saiba como proteger a sua frota

O roubo de cargas preocupa empreendedores de diversos setores em todo o Brasil. Anualmente, o prejuízo anual gerado por esse tipo de ação criminosa tem passado da casa dos bilhões, sendo mais de 50% delas só nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Roubo de cargas: saiba como proteger a sua frota

Entre as cargas mais visadas pelos bandidos estão produtos alimentícios, cigarros, eletroeletrônicos, produtos farmacêuticos, produtos químicos, têxteis, autopeças, combustíveis e bebidas.

Para evitar essas ações criminosas, as empresas podem adotar uma série de iniciativas básicas, como a análise de riscos no transporte e a diminuição do período que a carga fica em repouso.

14 dicas para diminuir os riscos de roubo de cargas:

1. Escolha os horários mais seguros

Dê preferência ao transporte em horário diurno e reserve a noite para o descanso. No período noturno, o número de assaltos ainda é bem maior. Se precisar viajar à noite, procure fazer comboio com outros caminhões.

2. Escolha previamente os postos de gasolina

Planeje sua viagem, definindo com antecedência postos de gasolina e estabelecimentos para serviços confiáveis. Abasteça o seu caminhão em lugares conhecidos, preferencialmente em postos urbanos.

3. Alterne as rotas e os horários

Procure variar rotas para não passar sempre nos mesmos horários e locais. Mas antes de variar a rota é importante conhecer bem os detalhes do percurso.

4. Prepare os motoristas para possíveis problemas

Invista em treinamento dos motoristas para que eles saibam como agir diante de uma situação de risco.

5. Invista em segurança

Escolha Operadores Logísticos e Armazéns localizados em áreas de baixo risco e com bons recursos de segurança, como controles de portaria, sistema de comportas e circuito de câmeras.

6. Utilize rastreadores

Fiscalize o transporte das suas cargas por meio de rastreadores de veículo.

7. Cuidado com os documentos

Guarde todos os documentos do veículo consigo. Nunca deixe-os dentro do caminhão.

8. Não divulgue o conteúdo das cargas

Não revele para estranhos qual a carga e o trajeto que você vai percorrer.

9. Fique alerta a comportamentos anormais na estrada

Ao notar qualquer comportamento anormal em outro veículo ou perceber que está sendo seguido informe a Polícia Rodoviária. Desconfie de veículo que fique trafegando devagar e por muito tempo, à frente ou atrás do caminhão.

10. Cuide com a “falsa blitz”

Não pare em blitz formadas por veículos descaracterizados. Pode ser uma armadilha para roubo de carga.

11. Não dê caronas

Sabemos que as caronas são uma certa tradição entre caminhoneiros. Porém, não é seguro.

12. Cuidado ao estacionar por muito tempo

Estacione somente em áreas iluminadas e fique alerta com pessoas rodeando o veículo quando estiver parado. Não deixe o caminhão sem vigilância.

12. Se parar para descansar, inspecione o caminhão antes de continuar a viagem

Confira com frequência as partes vitais do caminhão, para identificar caso alguém tenha sabotado o veículo enquanto você descansava.

13. Cuidado com as contratações

Tente contratar sempre motoristas e colaboradores com boas referências e indicações.

14. Se for abordado por bandidos, não reaja

Em caso de roubo de cargas, tente manter a calma, evite movimentos bruscos, não encare os bandidos e procure reparar em características físicas que poderão ajudar na investigação dos policiais. Em seguida, ligue imediatamente para o 191 e informe o ocorrido.

Informe também a empresa dona da carga e faça um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima. Quanto antes a polícia for notificada, maiores são as chances de encontrar o caminhão e a carga.

Leia também: 9 principais desafios das empresas de Transporte de Cargas

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar
Compartilhar
+1
0 Compart.