Recapagem de pneus: saiba tudo sobre esta técnica

O pneu é um dos itens mais importantes nas empresas que possuem frotas. Ele garante segurança, estabilidade e desempenho ao veículo. E uma das formas mais acessíveis e eficazes para não andar com pneus desgastados é a recapagem, que consiste na substituição da borracha da banda de rodagem. Saiba mais sobre a recapagem de pneus e como este método pode ser benéfico para a sua frota.

Recapagem de pneus

O que é a recapagem de pneus?

A recapagem de pneus é um processo que realiza a troca da banda de rodagem usada por uma nova. Por ser um sistema mais barato do que comprar novos itens, é comumente usado por empresas e transportadoras que possuem muitos automóveis na frota para administrar.

De acordo com pesquisas, 30% dos pneus são descartados hoje em dia por falta de informação e de investimento. Apenas no Brasil, cerca de 450 mil toneladas de pneus são descartados por ano.

A recapagem é segura?

Todos os pneus saem da fábrica com a estrutura necessária para receber a recapagem. O processo, que consiste em uma série de testes na carcaça, é realizado por uma recapadora profissional e segue normas internacionais de qualidade.  Depois que os pneus são aprovados, eles seguem para a raspagem e então, recebem uma nova capa. Após serem vulcanizados a 110º C, podem voltar a rodar.

Para saber o momento certo de fazer a recapagem, é importante verificar o TWI (Tread Wear Indicator), que é o indicador de desgaste da banda de rodagem, localizado na transversal do sulco do pneu.

Vale lembrar que o Contran determina que a medida do sulco do pneu tenha no mínimo 1,6 milímetro. A regra vale para todos os tipos de veículos e, se descumprida, pode acarretar em multa.

De acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, é infração conduzir veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, ou reprovado na avaliação de inspeção de segurança e de emissão de poluentes e ruído. Se o condutor for pego utilizando um pneu nestas condições, é considerada infração grave com multa de R$ 127,68 e mais cinco pontos na habilitação.

Como é feita a recapagem

A recapagem de pneus é um procedimento seguro, econômico e que proporciona segurança aos condutores das empresas de transporte. O processo é feito em diversas fases:

  • Higienização: nesta etapa inicial, o pneu é higienizado para evitar contaminação;
  • Inspeção: os técnicos da recapadora analisam as condições das carcaças para assegurar que elas estão aptas para serem reformadas;
  • Raspagem: neste momento são removidos os desenhos originais e o pneu é raspado de maneira uniforme;
  • Análise da carcaça: com a ajuda de equipamentos específicos, é verificado se o item possui algum dano estrutural;
  • Conserto: se alguma falha for identificada, o pneu é consertado para receber a nova banda;
  • Aplicação de bandas: a última fase consiste na aplicação de uma nova banda de rodagem no pneu, exatamente no mesmo local da anterior.

Quantas recapagens é possível fazer?

Se a carcaça estiver em bom estado, o item pode receber de dois a três recapeamentos com bom custo-benefício. De acordo com a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), o processo custa cerca de R$ 400 e garante mais 2 anos de bom funcionamento do pneu. A princípio o método pode parecer caro, mas adquirir um pneu para caminhão que seja zero km tem um valor médio de R$ 2 mil por unidade.

Cuidados com a recapagem de pneus

Para que o pneu tenha uma vida útil maior após a recapagem, é fundamental tomar alguns cuidados com a conservação do item e gerenciamento da frota:

  • Não ultrapassar a velocidade ou a carga máxima permitida;
  • Utilizar o pneu correto para cada aplicação;
  • Observar os indicadores de desgaste no pneu;
  • Manter sempre o caminhão bem alinhado e balanceado;
  • Sempre calibrar corretamente os pneus;
  • Realizar, regularmente, o rodízio de pneus;
  • Evitar freadas e arrancadas brutas, pois desgastam os pneus mais rapidamente.

Ajuda da tecnologia

Com o sistema online Gestran Controle de Pneus, a sua transportadora tem maior facilidade para administrar a vida dos pneus da frota, identificar as condições de uso e gerenciar quando é necessário acionar a recapadora de pneus. Entre as principais funcionalidades do software, destacamos:

1. Cadastro e controle simples

Cadastre os pneus disponíveis na sua frota de forma simples e tenha acesso rápido a todas as informações relevantes aos itens, como número de fogo, fabricante, modelo, vida atual e custo por km de cada um dos pneus.

2. Indicadores online

Monitore e acompanhe todos os indicadores dos seus pneus por km rodado, tipo de aquisição, custo por cada um dos fabricantes, motivos de sucateamento, entre outros.

3. Alertas

Personalize lembretes para cuidados essenciais, como hora de calibrar, rodízio e recapagem dos pneus. Esse processo aumenta a vida útil do item e reduz custos. Além disso, pneus em perfeito estado gastam menos combustível e garantem maior segurança.

A recapagem de pneus pode ser uma excelente solução para transportadoras. Contudo, o processo deve ser realizado em um lugar de confiança para assegurar que o método foi feito da maneira correta.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar110
Compartilhar
+1
110 Compart.