Gestran ERP: Mais Segurança nos Acessos Remotos

Atenção, Cliente Gestran.

Nós estamos sempre prezando pela nossa segurança e de nossos clientes! Recentemente, temos percebido, de maneira geral, o aumento de ataques cibernéticos às empresas. Para evitá-los, nós também estamos nos prevenindo e, a partir de hoje, no departamento de Atendimento da Gestran passaremos a utilizar o acesso remoto através do AnyDesk.

Acessos Remotos Gestran

Isso significa que o TS não é seguro?

Antes de tudo, identifique qual é a versão do Windows usada na sua empresa. Será que o sistema operacional que você tem usado é suficiente para manter a segurança dos seus dados?

Fazemos esta pergunta porque versões antigas de sistemas operacionais, como o Windows 2008, apresentam mais falhas de segurança. Já o Windows 2016 e posteriores, desde que sejam atualizados constantemente, tornam-se seguros para as suas operações logísticas.

2008 a 2019, será que algo mudou? São 11 anos de diferença!

Lembre-se sempre da importância de atualizar os seus sistemas operacionais, afinal, a tecnologia evolui diariamente!

Por que optamos pelo AnyDesk?

Nem sempre as empresas atualizam seus computadores, apesar da grande importância para a preservação dos dados.

Como não temos controle deste procedimento externamente, optamos por uma ferramenta de acesso remoto que garanta segurança redobrada em todos os sistemas operacionais: o AnyDesk, que utiliza TLS1.2. Este é o mesmo protocolo de segurança usado na emissão de CT-e e pelos sites de bancos (home banking) para proteger acessos não autorizados.

Além disso, o cliente autorizará a conexão e estará ciente que estamos atuando em seu ambiente.

Devo parar de usar o Gestran através de TS com as filiais??

Se o servidor possuir uma versão de Windows 2016 ou superior, devidamente atualizada, a segurança é maior. Caso contrário, recomendamos que repasse esta orientação à sua equipe de TI, que poderá avaliar as melhores alternativas em questão de segurança, entre elas:

  • Definir portas específicas para uso do TS (evite utilizar as portas “padrão”)
  • Definir política de bloqueio de senha para evitar os ataques (bloqueio rápido após tentativas de informação de senha incorreta)
  • Ficar atentos às atualizações do Windows, manter a versão do sistema operacional sempre atualizado
  • Utilizar o TS dentro de uma VPN site to site (sem abertura para internet), com as devidas liberações para os sites necessários.

Estas são algumas medidas que dificultam os ataques cibernéticos e evitam muitos problemas como o sequestro e danificação de bases de dados, e equipamentos.

Lembre-se também de manter backup atualizado e em local seguro, conforme comunicado enviado anteriormente pela Gestran.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
0 Compart.
Compartilhar
Compartilhar
+1