A importância de uma gestão de multas eficiente

Com valores que variam de R$ 88,38 até R$ 2.934,70, as multas podem comprometer o caixa da empresa quando não são bem administradas. Para que a sua empresa de transportes não sofra com isso, entenda como funciona a gestão de multas e porque ela é tão importante.

Gestão de multas

O que é gestão de multas?

As empresas de transporte e logística precisam monitorar um grande número de veículos e condutores, e a chegada de multas é algo esperado pelos gestores. Contudo, é essencial identificar a origem e o motivo de cada uma delas, já que o excesso de infrações pode causar desequilíbrio financeiro e afetar a produtividade da empresa.

A gestão de multas é mais do que uma forma de arquivar todas as penalidades cometidas pelos motoristas. Com os dados em mãos, é possível identificar qual infração acontece com mais frequência, quanto está sendo gasto e quem é o motorista que mais descumpre as leis de trânsito.

Por que fazer a gestão de multas?

Uma das maneiras mais efetivas de fazer a gestão de multas é por meio do monitoramento do condutor. Com esse controle é possível identificar a forma de dirigir de cada um, o que precisa ser melhorado e quando é necessário fazer novos treinamentos de direção defensiva para os motoristas. Confira algumas vantagens de fazer a administração de infrações:

1. Aumenta a eficiência da empresa

Com o controle das multas, o gestor tem um histórico completo de todos os seus motoristas e sabe exatamente quem gerou determinada infração. Ao perceber que um condutor está transgredindo as leis de trânsito frequentemente, o ideal é tentar achar uma solução para que esse problema não afete a eficiência da transportadora. Treinamentos regulares, por exemplo, podem ser uma boa saída.

2. Facilidade para recorrer

É comum uma infração chegar com dados que não coincidem, como cor do veículo, placa, velocidade que o automóvel estava transitando e quilômetro onde a transgressão aconteceu. Ao monitorar o condutor e as multas recebidas, o gestor consegue recorrer daquelas punições que não cabem para a sua frota.

3. Maior segurança

As multas, em sua maioria, ocorrem por atitudes perigosas no trânsito, como excesso de velocidade e ultrapassagem pelo acostamento. Ao ter controle sobre as infrações cometidas com a frota da transportadora, os motoristas passam a ter atenção redobrada durante o trajeto para não sofrer penalidades na empresa. Isso garante segurança tanto para a carga e veículo, quanto para o próprio motorista.

Outros benefícios de monitorar o condutor

Além de auxiliar na gestão de multas, o monitoramento dos motoristas também oferece outros benefícios:

  • Economia com o combustível: o controle diminui a ocorrência de aceleradas e outras situações que promovem o gasto excessivo de combustível;
  • Maior durabilidade das peças e pneus: a redução nas ações fora dos padrões também garante maior tempo de vida útil às peças e pneus.
  • Aumento na motivação dos funcionários: com o monitoramento é possível estruturar um programa de benefícios para os colaboradores que apresentam o melhor desempenho. Além de estimular a competitividade, essa atitude contribui com a motivação dos condutores.

O monitoramento dos motoristas é um grande aliado na gestão de multas. Para garantir esse controle e ter maior confiabilidade nas informações fornecidas, o gestor de frota pode apostar em um sistema de gestão de transportes e logísticas, como o ERP Gestran. Entre em contato clicando aqui e solicite uma demonstração gratuita.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar109
Compartilhar
+1
109 Compart.