Caminhão Toco: conheça tudo sobre esse tipo de caminhão

O transporte de cargas movimenta as estradas brasileiras durante todo o ano e é comum se deparar com diferentes tipos de caminhões circulando. O caminhão toco, por exemplo, é um modelo menor, necessita de apenas dois eixos e tem um limite de peso que deve ser respeitado. Conheça mais detalhes sobre este caminhão e sua utilidade nas empresas de transporte.

Caminhão toco

O que é o caminhão toco?

O caminhão toco é um modelo de veículo básico de porte médio, podendo ser usado tanto para o ambiente urbano quanto para viagens. O veículo possui dois eixos com a tração na parte dianteira. Ele se apresenta em duas opções: o traseiro simples (uma roda de cada lado) e peso bruto máximo de 12 toneladas ou o duplo (duas rodas de cada lado) e peso bruto máximo de 16 toneladas.

Importante ressaltar que o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) limita o peso máximo que pode ser carregado pelo eixo do veículo. Isso significa que, quanto maior for o número de eixos, mais peso o caminhão pode transportar.

Para que é usado o caminhão toco?

O caminhão toco tem diversas funcionalidades e elas mudam de acordo com as configurações de sua carroceria. Entre as principais podemos citar:

  • Grade baixa – fretes em áreas urbanas e carga seca;
  • Plataforma -transporte de veículos e máquinas maiores;
  • Baú sider – também trabalha com cargas secas e seu diferencial é a lona que protege os materiais das agressões climáticas;
  • Tanque – transporte de líquidos;
  • Basculante – para transporte de cargas a granel.

Como é o caminhão toco?

O caminhão toco possui dois eixos, podendo ser com uma traseira simples ou dupla. O primeiro dos eixos fica embaixo da cabine e outro na parte de trás, isso faz com que o meio da distância entre os dois eixos seja o centro de gravidade do automóvel e receba o peso integral da mercadoria. Para que o veículo aguente essa distribuição e não afete a estrutura é fundamental que a carga não ultrapasse o limite de peso permitido.

Além do eixo, outro fator que influencia a quantidade máxima que o caminhão pode carregar é a quantidade de rodas presentes no eixo. Os veículos que possuem duas rodas por eixo têm uma melhor distribuição no peso que eles podem transportar. O item duplicado garante maior segurança. Se durante o trajeto, um dos pneus estourar o outro consegue dar estabilidade suficiente ao condutor até o momento da troca.

Caminhão toco x caminhão truck

Por conta da sonoridade parecida, é comum confundir o caminhão toco com o truck. Existem algumas diferenças entre as duas versões, especialmente quando falamos dos eixos. Em geral, o toco tem uma carroceria menor com apenas 2 eixos, o que faz com que ele suporte menos peso. Enquanto isso, o trucado possui 3 eixos e consegue carregar mais peso.

Para as empresas de transportes e transportadores autônomos, é essencial conhecer as particularidades do caminhão toco e dos outros modelos disponíveis no mercado. Assim, é possível ser mais assertivo na hora da compra e também na execução de um serviço para o cliente. Para acompanhar outras dicas do setor de transporte de carga e logística, acesse o blog da Gestran.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar53
Compartilhar
+1
53 Compart.