Controle de pneus: saiba o que é aferição do pneu e como fazer da maneira certa

Os pneus estão entre as maiores despesas de uma empresa de transportes. Por ser um custo fixo relacionado às frotas, eles precisam estar em constante acompanhamento. Uma das maneiras de garantir a vida útil dos itens é realizar o controle através da aferição do pneu.

Aferição do pneu

O que é aferição do pneu

A aferição do pneu nada mais é do que o monitoramento de quanto ele rodou nos últimos dias. Com o controle de aferição, o gestor consegue saber quando deve ser feita a próxima manutenção, o tempo ideal para a recapagem e até mesmo para o descarte correto.

Quilometragem para caminhões

Para os caminhões, é esperado que um pneu rode com um bom desempenho por 60.000 km. Porém, existem algumas medidas que ajudam prolongar a usabilidade da peça por mais 15.000 km, como a recapagem de pneus, que reduz a necessidade de comprar uma nova peça antes do tempo.

Vida útil dos pneus

Entre os principais cuidados para garantir o bom desempenho do pneu por mais tempo, destacamos:

  • Uso da pressão de ar adequada para cada uma das viagens;
  • Fazer o rodízio dos pneus regularmente para compensar as diferenças nos desgastes;
  • Verificar frequentemente os indicadores de desgaste dos pneus;
  • Durante o trajeto, o condutor deve evitar: passar por buracos, trafegar e fazer curvas em alta velocidade.

Por que realizar o controle dos pneus?

Os pneus representam o segundo maior gasto dentro de uma transportadora. Por isso, o controle permite que a empresa colha o melhor desempenho da peça e reduza custos com a aquisição de novas peças.

Com o Controle de Pneus, o gestor consegue descobrir qual situação está causando despesas desnecessárias no setor e assim procurar por alternativas para reduzir os custos sem impactar na eficiência. Vale ressaltar que os itens também estão diretamente ligados à integridade das cargas nas estradas e na segurança do condutor. Um veículo que trafega com pneu careca tem mais chances de se envolver em um acidente.

Além disso, com a administração e monitoramento, o gestor de frota acompanha as condições de uso do pneu, gerenciar a sua vida útil e controlar o momento certo para reformas e descartes.

Como fazer o controle dos pneus?

Além de saber ler os pneus, transportadoras que atuam com o gerenciamento de diversos veículos na frota devem acompanhar as características dos pneus:

Controle de calibragem

Ao ter o histórico da calibragem de cada um dos pneus salvo, o gestor consegue identificar facilmente se um dos itens está perdendo mais pressão do que o natural. Esse tipo de variação fora do comum pode indicar algum problema.

Indicação de rodízio

O controle também permite realizar um rodízios de pneus mais efetivo, já que o gestor vai estar levando em conta o desgaste de cada item.

Manutenção

Um sistema de controle de pneus informa quando o item precisa de reparos ou manutenção, garantindo que o trabalho não seja interrompido por falhas ou problemas.

Com a gestão e monitoramento correto dos pneus, empresas de transporte de carga conseguem reduzir custos, garantir a segurança do condutor e aumentar a vida útil das peças. Clique aqui e faça um teste gratuito do Controle de Pneus Gestran por 14 dias.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de
Compartilhar21
Compartilhar
+1
21 Compart.