9 ações para reduzir custos com sua frota

Se você é um gestor de frotas ou mesmo um empreendedor que atua com transportes, com certeza fica à procura de maneiras de reduzir os custos com o operacional da frota, certo? Sobretudo em temporadas em que há alta dos preços dos combustíveis ou uma maior incidências.

9 ações para reduzir custos com sua frota

Que tal observar algumas ações que podem auxiliar a diminuição dos custos com sua frota?

1. Faça um bom treinamento dos motoristas

Sua empresa deve ter procedimentos e métodos bem determinados para cumprir as tarefas, de maneira que existam padrões a serem seguidos. Quando há um modelo para orientar seus colaboradores, eles automaticamente terão mais solidez na hora de realizar os serviços.

Vale a pena investir em bons treinamentos, para que a equipe se mantenha atualizada e mais hábil, melhorando a taxa de operacionalidade e, com isso, reduzindo custos dispensáveis e gerando mais lucros.

Deve-se instruir e conscientizar os motoristas acerca da importância das boas condutas no trânsito, a respeito da direção defensiva e sobre o que se espera deles no caso de eventuais problemas que possam surgir, como acidentes ou contratempos no roteiro.

2. Oriente os motoristas sobre a velocidade

Quando os condutores fazem frenagem repentina, acelerações ou desacelerações muito bruscas há um maior consumo de combustível e maior desgaste nos pneus e outras peças do veículo.

É bastante adequado assumir uma direção defensiva, antecipando os movimentos que outros motoristas forem realizar no trânsito, de modo a alterar a velocidade gradativamente.Manter o veiculo com a velocidade nos limites estabelecidos pela lei, pode auxiliar na economia do consumo de combustível.

O respeito pelas indicações de limites de velocidade que estão nas pistas e rodovias previne que a empresa receba multas e também contribui com a segurança dos condutores e com os gastos de seu negócio. Calcula-se que, para cada aumento de 10% na velocidade, aumenta-se em torno de 15% no consumo de combustível.

3. Procure sempre otimizar suas rotas

É quase vital para uma empresa que trabalha com transportes e distribuição de produtos fazer uma análise adequada dos roteiros possíveis para se chegar aos endereços de destino.

Por isso, planeje os trajetos que seus veículos vão percorrer, tentando verificar as melhores rotas, e poupe mais tempo e combustível com tal medida.

4. Cumpra as manutenções periódicas da sua frota

Deve-se ficar atento às datas mais indicadas para substituir componentes diversos que possam apresentar desgaste exacerbado, como filtros, bateria, pneus, sistema de escapamento, entre outras peças e divisões do veículo.

Níveis de óleo e de água precisam de verificação regular. A manutenção preventiva, seguindo o manual do seu modelo de veículo e as recomendações da concessionária e do fabricante de equipamentos e produtos automotivos, vai aliviar diversos custos.

Além, claro, de evitar muitas surpresas negativas de quebras de veículos ou enguiços em ocasiões que podem ser cruciais para que as operações sejam feitas dentro dos prazos esperados.

5. Faça a calibragem correta dos pneus a cada semana

A adequada pressão de ar nos pneus de seus veículos não é apenas uma prática que precisa ser regular para sustentar a boa dirigibilidade dos motoristas.

Ela também é conveniente para conservar a vida útil dos pneus por mais tempo, adiando a necessidade de trocar essas peças, além de economizar muito mais combustível.

Deve-se avaliar a pressão correta nos pneus, ao menos a cada semana de circulação dos carros.

Mas não é oportuno enchê-los de ar mais do que o indicado, porque a pressão exagerada nos pneus pode provocar desgaste no seu centro e, com isso, prejudicar a aderência da banda de rolagem nas estradas durante a condução.

Lembre-se também que existem diferentes pressões de ar para diferentes solicitações de carga, o que deve ser levado sempre em consideração.

6. Tente não usar muito o ar-condicionado da cabine

É comum que, especialmente nos períodos de calor intenso, os motoristas acionem o sistema de ar-condicionado do veículo.

O grande problema é que essa refrigeração pode chegar a consumir até meio litro de combustível por hora, dependendo do modelo de seu veículo, além de reduzir um pouco a potência do motor.

Portanto, deixe para aproveitar o ar-condicionado nas condições climáticas mais extremas.

7. Use corretamente as marchas do veículo

O bom uso do câmbio traz mais segurança ao condutor e à carga que está sendo transportada. Além de fazer a diferença na hora de economizar combustível.

Nas estradas, com velocidade regular, é preferível utilizar a relação de marcha mais alta possível. Isso porque as rotações da máquina serão mais baixas, resultando em um menor consumo de combustível e um maior desempenho.

Nas descidas mais íngremes, não deixe a caixa de câmbio em ponto morto. Mantenha a caixa engatada, de preferência, a não ser que a ladeira seja muito acentuada. Aí, deve-se descer bem devagar e em primeira marcha.

8. Diminua a carga do interior do automóvel

Uma relação evidente é aquela que demonstra que, respeitar os limites de peso de acordo com as especificações do combustível, menor será o consumo de combustível e o desgaste dos pneus em longo prazo.

9. Pesquise os preços dos postos de abastecimento

Sempre que há mudanças nos preços dos combustíveis, certos postos de abastecimento demoram mais para remarcar os valores nas bombas. Outras companhias costumam dar descontos e oferecer vantagens de fidelização para os clientes.

Pesquise no mercado, entre as empresas ao redor, aquelas que apresentam os benefícios mais interessantes para os seus negócios. Depois planeje uma parceria de médio ou longo prazo.

Com algumas medidas simples, você poderá reduzir significativamente os custos que sua frota apresenta a cada.

Já conhece o Gestran? Um software ERP especialista para gestão de empresas de transporte e logística.

É mais do que um software! O Gestran é uma solução de automação dos processos e gestão das operações da sua empresa.

Entre em contato com um de nossos consultores e solicite uma visita.