5 práticas que você deve evitar para preservar seu caminhão

Quem trabalha com o setor de transportes sabe o quanto uma empresa gasta com manutenções e compra de novas peças para preservar o caminhão. Apesar de as longas viagens e cargas pesadas exigirem muito dos veículos, uma série de práticas adotadas no dia a dia das estradas contribuem para diminuir a vida útil dos caminhões.

5 práticas que você deve evitar para preservar seu caminhão

Descubra quais são as práticas que você deve evitar se quiser preservar seu caminhão:

1. Pneus Meia Vida

Muitas borracharias usam uma ferramenta chamada faca de corte, que é utilizada para fazer novos sulcos em pneus que estão carecas. Após isso eles são vendidos como “pneus meios vida”. Esses sulcos diminuem ainda mais a resistência do pneu e você pode acabar descobrindo isso muito tarde. Cuidado.

2. Água fria no reservatório

Se seu caminhão estiver consumindo água com frequência, leve-o imediatamente ao mecânico para identificar o vazamento. Se o motor superaquecer, não coloque água fria no reservatório ou pode causar o empenamento ou até trincar o cabeçote por causa do choque térmico.

3. Solda do radiador

A solda pode ser feita por aqueles que estão em dia com a troca do aditivo do radiador. Mas, se estiver em falta com as revisões e, quando o nível de água está baixo, completa com um pouco mais de água, o radiador do seu caminhão pode estar fragilizado na parte interna, quase estourando. Talvez, a troca do radiador pode ser a melhor saída.

4. Peças de ferro-velho

Utilizar peças usadas pode ser um grande problema. Principalmente se a troca for pelo câmbio, motor ou caixa de direção. Uma alternativa é utilizar itens que não costumam comprometer a segurança do motorista como faróis, bancos, lanternas ou maçanetas

5. Desamassar roda

Para começar, roda e martelo não combinam. Quando você utiliza o martelo para colocar a peça na dimensão original, a região afetada fica fragilizada e, por causa do impacto, ela voltará a se deformar.

 

Quer preservar o seu caminhão?

A Gestran possui uma solução completa no seu módulo Gestão de Frotas onde você pode controlar:

Gestão de manutenção

Gerenciar todo o módulo de manutenção preventiva com funcionalidades de: abertura de ordens de serviços, acompanhamento e aprovação, direcionamento de serviços internos ou externos, apontamento de horas trabalhadas por serviço e encerramento de ordens de serviço. Possui também recursos para requisitar materiais para manutenção integrada com o módulo de suprimentos. Possui telas de monitoramento e relatório de acompanhamento das ordens de serviços. Através de planos preventivos criados conforme a necessidade este processo oferece monitoramento e alerta de itens vencidos, em tolerância ou já executados possibilitando melhor controle e diminuição do custo da empresa com manutenção.

Manutenção – Cadastros e configurações

Rotinas básicas para uso do módulo onde possibilita a configuração de planos de manutenção preventiva, componentes, grupo de componentes, serviços, prestadores de serviço, equipe e especialidade dos prestadores de serviço e demais configurações gerais do módulo de manutenção preventiva.

Manutenção – Check List

Revisar periodicamente itens ligados a veículos e equipamentos para controle e checagem de conformidade. Em caso de não conformidade pode se integrar automaticamente com o processo de Ordem de Serviço. Tem como objetivo gerenciar diferentes modelos de check list ao mesmo tempo, garantindo a eficiência da área operacional.