ATENÇÃO CLIENTES GESTRAN: Alerta sobre o maior Ciberataque da história da Internet!

Alerta sobre o maior Ciberataque da história da Internet!

Desde sexta-feira, 12 de maio, centenas de milhares de computadores em todo o planeta, estão sendo infectados por um vírus chamado “WannaCryptore deWannaCry”, que em português significam “quer criptografar” e “quer chorar”, respectivamente . Esse vírus, considerado o maior ataque da história da internet, bloqueia arquivos dos usuários e exige o pagamento de uma quantia em bitcoins, a moeda virtual.

Alerta aos Clientes Gestran:

Diante deste cenário, é fundamental que sejam implantadas estratégias fortes de cibersegurança em todas as empresas. Orientamos a todos os nossos clientes para manter seus sistemas operacionais e antivírus atualizados, cuidar com cliques em links suspeitos, evitar redes sem fio abertas e não confiáveis e principalmente, certificarem-se que a rotina de backups está em dia para garantir que todos os dados estão preservados.

De acordo com nossa política de trabalho, é importante reforçar que:

“As cópias de segurança (backup) do banco de dados são de responsabilidade única e exclusiva do cliente. A Gestran aconselha a realização de backups diários em conjunto de mídia distintas. O backup será imprescindível para a reinstalação em caso de danos no banco de dados ou falha nos equipamentos em que o sistema esteja sendo utilizado. A Gestran disponibiliza ao cliente usuário e senha da base de dados para efetuar o Backup.

A restauração do banco e dados, bem como a reinstalação do sistema, não estão cobertos pelo contrato, e será realizada pelos técnicos da Gestran mediante orçamento prévio aprovado pelo cliente”. 

Portanto, solicite a sua equipe de TI que revise a segurança de seu servidor e principalmente se os backups estão sendo realizados com a frequência ideal.

Em caso de dúvidas sobre Backup, o nosso pós-vendas poderá orientá-lo.

O que fazer se for atacado?

Aconselhamos anotar qualquer informação disponibilizada no ataque e levar a uma delegacia de crimes cibernéticos. O ideal é recusar o pagamento com o objetivo banir a ação dos criminosos. O site No More Ransom disponibiliza algumas ferramentas que podem ajudar a desbloquear os dispositivos.

 

Não perca mais nenhum post!

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades.